29.11.06

Oportunidade

Ŝanco

Oportunidade. Não era a mais veloz nave da frota, nem era a mais moderna, ou ainda a mais equipada, mas era considerada a melhor. Diziam que era tudo graças ao capitão Gael Wülf que com competência e carisma marcantes, nunca havia perdido uma só batalha. Somente as pessoas mais íntimas de seu relacionamento podiam dizer que ele estava completamente tenso na reunião que se seguia em sua nave. Felizmente, ele não estava entre amigos.

- Esquisito.

Dr. Gustavo Silveira já havia conferido os cálculos milhares de vezes, e aquilo não fazia sentido. Um ponto, um minúsculo ponto crescia na região do Cinturão de Alfa Centauro, uma pequena sujeira gravitacional e estava crescendo.

- Muito, muito esquisito. Vejam senhores, não consigo explicar isso. Parece que está ficando mais denso... O tipo de evento que observamos parece uma impossibilidade física, até o momento.

- Exatamente por isso que você foi chamado, Dr. Gustavo. Somente um homem versado em tantas ciências poderia ter uma visão ampla o suficiente para tentar entender o que está acontecendo.

- E o que está acontecendo senhor Onipresidente?

- Ainda não sabemos senhor Cassini. O que temos é apenas esta imagem que uma plataforma de mineração conseguiu mandar, antes de sumir do radar. A imagem está muito borrada, mas parece ser algum tipo de frota em rota direta para o epicentro da anomalia.

- Mas, e os radares?

- Muito pouco, a leitura é estranha. É como se esta frota estivesse em todos as posições possíveis da trajetória, e ao mesmo tempo não está. Não sei explicar melhor.

- Hum... Tecnologia desconhecida, um destino onde as leis da física parecem estar desabando e você quer nos mandar para lá sozinhos e descobrir o que está acontecendo? Isso é absurdo! Capitão Wülf, não fique aí parado! Fale alguma coisa! Me ajude a botar um pouco de juízo no Onipresidente. Precisamos de uma frota, a maior que tivermos. Capitão? Está me ouvindo?

- Como? Ahn sim, não cabe a mim discutir a ordem de meu Onipresidente, mas realmente acho que ele está certo, senhor Cassini. Acho que devemos manter o “low profile”. Quanto menos pessoas melhor.

"Quanto menos pessoas melhor."

5 comentários:

André Lasak disse...

MUITO BOM!

Tá cada vez mais misterioso, gerando muita curiosidade... hehehehe... aonde isso vai dar?

ABRAÇÃO!

vahnzz sam disse...

tá mto massa!!

parabéns!

Robson disse...

será que a frota é movida por um gerador de improbabilidades infinitas... ?

Fabio Ciccone disse...

Improvável.

Malditas Mulheres disse...

Pois eu acho que quanto MAIS pessoas melhor... não é divertido brincar em conjunto!? rs

Bjinhos malditos.